MoscasMoscas

Moscas são insetos que pertencem a ordem Díptera, que reúne moscas e mosquitos. Apesar de existirem mais de 120.000 espécies conhecidas de dípteros, estima-se que existe mais de 1 milhão de espécies. Entre as principais espécies de moscas, estão a mosca doméstica e varejeira, além das espécies hematófagas, como a mosca-dos-estábulos e mosca-do-chifre, que causam sérios prejuízos para a pecuária. Na área da saúde, outra importante mosca é a Tsé Tsé, que atua como vetor na transmissão da doença do sono, especialmente no continente africano.

Mosca doméstica

Ciclo de vida
Após o nascimento, as fêmeas são fecundadas pelos machos e desovam em matéria orgânica em decomposição. Quando os ovos eclodem, surgem as larvas, que passam pelo estágio de pupa antes de se tornarem adultas. O ciclo de vida pode durar de 6 a 23 dias, dependendo das condições ambientais, sendo que quanto maior a temperatura e a umidade, mais rápido ocorrerá o ciclo de vida.

Alimentação
Alimentam-se principalmente de substâncias açucaradas, além de produtos de origem animal e substâncias orgânicas em decomposição. Elas só ingerem alimentos líquidos, por isso regurgitam sua saliva sobre os alimentos sólidos para liquefazê-los.

Importância para a saúde
A mosca doméstica é considerada um dos mais importantes vetores mecânicos, pois transmitem vários agentes patogênicos através de suas patas, corpos, fezes ou regurgitações. As principais doenças são: conjuntivite, diarréias, tifo, cólera, verminoses, disenteria, etc.

Curiosidades
– As moscas conseguem ver praticamente em 360 graus;
– Os pêlos das patas precisam ficar limpos para que elas possam farejar seus alimentos prediletos;
– As fêmeas só acasalam uma vez, mas armazenam os espermatozóides para botar ovos várias vezes. Ao longo da vida, uma única mosca pode colocar até 900 ovos;
– Durante o voo, a mosca bate sua asa 330 vezes por segundo – quatro vezes mais do que o beija-flor.

Entre em contato e solicite um orçamento

Clique aqui